domingo, 25 de outubro de 2009

Pilates



"Equilíbrio perfeito entre corpo e mente é aquela
qualidade do homem
civilizado, que não somente dá a ele uma
superioridade sobre o reino
selvagem e animal, mas também provê ao
mesmo todos os poderes
físicos e mentais que são indispensáveis para atingir o objetivo
da humanidade – SAÚDE e FELICIDADE".
Pilates, 1934. 




Pilates é um método de alongamento e exercícios físicos que se utilizam do peso do próprio corpo em sua execução. É uma técnica de reeducação do movimento, composto por exercícios profundamente alicerçados na anatomia humana, capaz de restabelecer e aumentar a flexibilidade e força muscular, melhorar a respiração, corrigir a postura e prevenir lesões.

Elaborado em 1920 pelo alemão Joseph Pilates, teve diversas influências como yoga, zen budismo, artes marciais e exercícios praticados pelos antigos gregos e romanos. Pensando no princípio de “mente Sã e corpo São”, Joseph criou uma atividade física baseada em seis princípios básicos: respiração, concentração, controle, alinhamento, centralização e integração de movimentos. Bem executada e orientada, não traz impactos nocivos para as articulações, ligamentos e musculatura. Qualidade de vida, consciência corporal, respeito e integração plena corpo-mente são o foco desse método.[1].

Pilates também inventou muitas máquinas para fazer exercícios. Na criação dos aparelhos ele aproveitava partes dos amortecedores dos carros alemães, isso durante a 1ª Guerra Mundial, após o fim da guerra e com a Europa toda destruída,ele mudou-se para Nova York, onde aperfeiçoou sua técnica e suas máquinas.

Deve sempre ser aplicado por educadores físicos ou fisioterapeutas, através de aulas que usualmente têm duração de 1 hora em aparelhos próprios ou no solo.

A aula de Pilates controla picos de ansiedade e depressão ocasionados pelo estresse do dia a dia. Mais do que um exercício físico, é um exercício mental, que tem como objetivo trabalhar a mente associada ao corpo.

Os benefícios do Pilates são rápidos e aparentes, pois, tonifica e define músculos, melhora a flexibilidade e harmoniza as formas do corpo.

Os exercícios do Pilates fazem com que essa aula possa ser praticada por pessoas de diferentes níveis de condicionamento, que se recuperam de lesões ou estão em plena forma. Traz benefícios posturais, uma notável melhora no equilíbrio e coordenação, além da satisfação e diversão proporcionadas pela prática.

O sistema criado por Joseph Pilates tem diversas influências, dentre elas a Hatha-Yoga, exercícios gregos e romanos, meditação Zen, abordagem analítica da mecânica corporal, postura e respiração corretas.
Os seis princípios do sistema são:

  • concentração
  • respiração
  • alinhamento
  • controle de centro
  • eficiência e fluência de movimento.

Benefícios do Pilates

1. Otimiza a capacidade respiratória
2. Melhora a postura eliminando dores e a maus hábitos
3. Melhora a qualidade de vida diminuindo o stress e tensões corporais
4. Aumento da força, flexibilidade e mobilidade articular
5. Aumento da concentração e do equilíbrio físico e mental

Experimente!



quarta-feira, 14 de outubro de 2009

chow-chow

Dizem que sou louco por pensar assim
Se eu sou muito louco por eu ser feliz
Mas louco é quem me diz
E não é feliz, não é feliz

Se eles são bonitos, sou Alain Delon
Se eles são famosos, sou Napoleão

Mas louco é quem me diz
E não é feliz, não é feliz
Eu juro que é melhor
Não ser o normal
Se eu posso pensar que Deus sou eu

Se eles têm três carros, eu posso voar
Se eles rezam muito, eu já estou no céu

Mas louco é quem me diz
E não é feliz, não é feliz
Eu juro que é melhor
Não ser o normal
Se eu posso pensar que Deus sou eu

Sim sou muito louco, não vou me curar
Já não sou o único que encontrou a paz

Mas louco é quem me diz
E não é feliz, eu sou feliz
Mostramos a língua 
para os que me acham louca... por fazer caminhada com 3 cachorros ao mesmo tempo, para os que se sentem perturbados só um pequeno aviso: 
Quando for possível terei 4! heheh rsrsrsrsrs
Cachorro é tudo de bom!

Almanaque do Cebolina

Todos os homens deveriam ler essa:   Há! e as pessoas que dizem que quem fica em casa "não faz nada "! 






terça-feira, 6 de outubro de 2009

Benefícios do Iogurte



LUANDA NERA
free-lance para a 
Folha

Diz a sabedoria popular que um copo de leite antes de dormir garante o sono tranqüilo. Contam ainda que quem bebe leite fica livre de doenças, mantém-se nutrido e bem alimentado. 

O leite de vaca é um dos mais tradicionais alimentos da cultura ocidental. No Brasil, segundo o IBGE, o consumo per capita é de 27,9 litros por ano. Rica fonte de cálcio --mineral essencial para a formação dos ossos e para evitar o seu desgaste-- o leite também contém proteínas e vitaminas A, B1 e B2. 

A engenheira agrônoma Elizabeth Torres, da Faculdade de Saúde Pública da USP, é uma das defensoras do consumo: "O leite é uma excelente fonte de minerais, particularmente o cálcio. Nenhum outro alimento pode ser comparado a ele. Quem não ingere cálcio durante toda a vida corre um grande risco de desenvolver osteoporose. Eu recomendo de três a quatro copos diários para crianças, adolescentes, grávidas, lactantes e mulheres na menopausa. Os demais adultos podem tomar de dois a três copos".

Mas, apesar de fazer parte da cultura alimentar, o leite de vaca é considerado por alguns nutricionistas como um grande vilão na alimentação humana. A principal crítica é com relação a algumas proteínas presentes no leite --como a caseína, a lactoalbumina e a lactoglobulina--, bem mais pesadas que a lactoalbumina do leite materno. 
Por causa dessas proteínas, muitos bebês desenvolvem o que os médicos chamam de alergia ao leite de vaca. 

A maioria das crianças deixam de ser alérgicas depois dos dois primeiros anos de vida. Mas os pais precisam ficar alerta aos sintomas --vômitos, diarréia, déficit de crescimento--, pois essa alergia pode provocar outras doenças, principalmente na pele e nos aparelhos digestivo e respiratório, como explica o pediatra e gastroenterologista Mauro Batista de Morais, da Unifesp. Nesses casos, o médico afirma que o ideal é substituir o leite de vaca. A opção mais acessível continua sendo o "leite" extraído da soja.

Lactose
Outro componente polêmico do leite de vaca é a lactose, um tipo de açúcar natural que pode provocar reações adversas em quem não tem ou produz pouca lactase, enzima que digere a substância. É um mal que atinge principalmente os adultos, já que normalmente a produção da lactase diminui com o passar dos anos.

Os principais sintomas são cólicas, diarréia e náuseas. Estima-se que 40% da população tenha algum grau de intolerância ao leite de vaca, mas não sabe disso. A nutricionista Flávia Morais explica que o diagnóstico pode ser feito com uma dieta de exclusão do alimento por um mês.

Substituição
Uma solução para evitar ou reduzir os riscos das contra-indicações são os produtos derivados do leite, que contêm menos lactose. O iogurte é o mais indicado: por ser um leite coalhado, preserva os nutrientes da bebida pura, transformando-a em alimento de fácil digestão. É produzido a partir das misturas dos microorganismos "Streptococus thermophilus" e "Lactobacillus bulgaricus", que consomem a lactose. O iogurte é também fonte de proteínas, cálcio, zinco, vitaminas A e do complexo B. Confira ao lado a receita de como fazer o iogurte caseiro e as dicas de como acrescentar sabor à bebida. 

Benefícios do iogurte
- Ajuda na produção de anticorpos, hormônios e enzimas, importantes para o metabolismo, contribuindo para reforçar o sistema imunológico e retardar o envelhecimento
- Contribui para o fortalecimento dos ossos e do sistema nervoso
- A vitamina A presente no iogurte melhora a saúde da pele, da visão, das unhas e dos cabelos
- As vitaminas do complexo B proporcionam energia e oxigenam as células
- A bebida pode ser ainda mais nutritiva se misturada a frutas, mel e cereais.

Receita

Ingredientes:
Leite de vaca, fermento lácteo (cultura), frutas, mel e granola

Como fazer:
Aqueça um litro de leite até o ponto de fervura. Retire do fogo e deixe esfriar até 40º (use um termômetro simples para medir). Adicione um envelope de fermento lácteo e mexa de dois a três minutos. Despeje a mistura em um pote grande, tampe o recipiente e leve-o para um local onde a temperatura possa se manter entre 40º e 43º (dentro do forno apagado, por exemplo). Aguarde entre quatro e seis horas até a completa coagulação do leite. Deixe na geladeira por, no mínimo, quatro horas e, na hora de servir, misture com frutas, mel ou granola.

Receita rápida
Abra uma caixa longa vida de leite semidesnatado ou desnatado e retire um copo da bebida. Complete a embalagem com um copo de iogurte desnatado puro e deixe na geladeira. O leite fermentará e se transformará também em iogurte.

Ocorreu um erro neste gadget