domingo, 26 de abril de 2009

11ª Corrida para Vencer o Diabetes

Inter apoia a 11ª Corrida para Vencer o Diabetes

Alinhar à esquerda







Ao realizar mais uma edição da Corrida para 

Vencer o Diabetes, o Instituto 

da Criança com Diabetes quer reafirmar 

que sua participação realmente 

faz a diferença no tratamento de crianças 

e adolescentes, no controle da 

doença e na redução de internações 

hospitalares para uma vida livre das 

complicações decorrentes do diabetes.

Hoje, 1.615 crianças e adolescentes estão 

em atendimento no Instituto da 

Criança com Diabetes (ICD). 

São pacientes que não podem custear o 

tratamento de sua doença e que 

dependem da ajuda da sociedade. O 

Internacional convoca os torcedores 

para aderirem à causa: faça a sua 

inscrição e participe!

Os consulados de Porto Alegre e 

Grande Porto Alegre se engajaram na 

campanha e irão vender a camiseta. 

No domingo (19/4), dia da final da 

Taça Fábio Koff, as camisetas estarão à venda em 

quiosques instalados em frente 

as rampas do Beira-Rio. Durante a semana, 

será possível comprar na sala do Projeto Interagir,

 no Gigantinho.

11ª Corrida para Vencer o Diabetes

Data: 17 de maio de 2009
Hora: 10h
Concentração: 9h
Local: Parcão
Inscrições: venda de camisas nas Farmácias Panvel, ao valor de R$ 10
Informações: (51) 3341.2450


Para o pessoal de São Leopoldo:

O Colégio São Luís participará também, 

os participantes podem correr ou caminhar

 e adquirindo uma camiseta alusiva ao 

evento você está automaticamente inscrito. A camiseta está a venda no Colégio São Luís pelo custo de R$ 10,00.

Tendo em vista a tranquilidade para 

o deslocamento, o Colégio está disponibilizando

 para o dia do evento, um ônibus, custo R$ 5,00 por pessoa, 

que saíra às 8:00 horas em frente ao 

colégio e retornando ao final do evento, 

em torno das 11:00 horas.

Colégio São Luis

 email: saoluis@colsaoluis.g12.br 

 site: www.colsaoluis.g12.br


A propósito, tem camisa do time podre 

do grêmio também,hehehe.

quinta-feira, 23 de abril de 2009

Amigos

Um grande abraço  para meus amigos de São Paulo, obrigada pelas visitas de vocês!

Muito obrigada aos amigos de São Leopoldo, Porto Alegre, Rio de Janeiro, Campinas, Navegantes, Goiania, Apucarana, Novo Hamburgo, Belo Horizonte, Uberlandia, Brasília, Salvador, São Luis, Belem, Aracaju, Blumenau, Curitiba, Caxias do Sul, Criciuma, Santa Maria, Pelotas, Recife e Cuiaba, sem vocês este blog não existiria...


domingo, 19 de abril de 2009

os três

Photo Flipbook Slideshow Maker
Elicranda
Elicandro
Elicandrinho

Música: eu não sei por que vou envelhecer!

Ainda não tenho foto da Franci, mas ela não perde por esperar!





Com Franci e Tita...

Eu não sei por que eu vou envelhecer
se é bem assim que eu quero morrer
dormindo não vou me desfalecer
pois quando eu for velho eu não vou mais ter
razão para viver
um amor para sofrer
pernas para correr e uma missão pra ter
e não dá...
não dá pra viver num asilo sem amigos pra falar
das coisas que eu fiz e não vou mais fazer
agora estou velho e deveria morrer
mas eu esqueci de avisar a DEUS...
Agora eu sei 
que eu tenho que viver intensamente
sem pensar nas coisas que eu fiz
e não vou mais fazer
daí eu já posso morrer

Direitos autorais de Francieli Arnold e Tita Reis
Qual o melhor ritmo para esta música? Eu, particularmente acho que poderia ser sertaneja. E você? O que você acha? Faça um comentário ou mande email para: elisandra.esq@hotmail.com, e nos ajude a contruir um mundo melhor! hehe!
o msn da franci é: power.fran@hotmail.com

quinta-feira, 16 de abril de 2009

Mentes Perigosas


Frios, manipuladores, cruéis e destituídos de compaixão, culpa ou remorso. Utilizam-se de seu charme e da sua inteligência para impressionar, seduzir e enganar quem atravessa seu caminho. Estão camuflados de executivos bem-sucedidos, bons políticos, bons amigos, pais e mães de família, e não costumam levantar suspeitas sobre quem realmente são.
Estes são os psicopatas, e, quando pensamos em um deles, logo imaginamos um sujeito violento, com aparência de assassino e que pode ser reconhecido em qualquer lugar. Não é tão simples quanto se pensa. A maioria nunca vai chegar ao extremo de cometer um assassinato e se passa por pessoa "comum" . Entre homens e mulheres, 4% da população apresentam esse lado sombrio da mente.
A doutora Ana Beatriz Barbosa Silva nos esclarece que os psicopatas são indivíduos que podem ser encontrados em todos os segmentos da sociedade. Neste livro você vai saber um pouco mais sobre esse intrigante universo e aprender a reconhecer aqueles que vivem entre nós, se parecem fisicamente conosco, mas definitivamente não são como nós.
Opinião de Gloria Perez (escritora e novelista) sobre o livro
A gente resiste muito a acreditar na existência do MAL enquanto prática humana! Mas ele está aí, vizinho ( ou pai- minha opinião- Zanza) rondando cada um de nós, e a gente nem se dá conta! O que assusta nessas pessoas é que elas parecem tão comuns, tão gente igual a gente.
E, no entanto, a incapacidade de ter empatia pelo outro revela claramente que elas não são como a gente: psicopata não tem semelhante. Ele nem sabe o que é isso.
Este é um livro perturbador, porque nos faz descobrir que estamos sempre correndo o risco de ser a próxima vítima. Mas, ao mesmo tempo, nos dá as únicas armas possíveis para nos defendermos deles: a possibilidade de reconhecê-los para sair de perto!
Tem o mérito de tirar o psicopata do terreno do crime, onde o senso comum o confina, para mostrar que a maioria deles não chega ao assassinato, ainda que todos vivam de matar: sonhos, esperanças, a confiança que os outros depositam neles.
E ainda os diferencia, no meio carcerário, daquela maioria que realmente é recuperável e merece uma segunda chance.
A boa notícia, como diz Ana Beatriz, é que eles são uma proporção muito pequena da população, de modo que podemos continuar apostando na humanidade!

quarta-feira, 15 de abril de 2009

Almas Gêmeas


Página 118. ....Tenho comigo que quando uma mulher resolve deixar seu trabalho e todas as vantagens que podem surgir dali, como ascensão social, possibilidade de carreira, ganhos financeiros, etc, e resolve dedicar-se apenas ao casamento e aos filhos, está tomando uma atitude nobre e altruísta, pois renuncia ao que quer, em favor daquilo que julga ser a melhor opção. No entanto, as consequencias podem não ser as que inicialmente eram previstas. O grande problema está no descompasso que passa a existir entre duas partes que formam o casal.
O marido sai todos os dias de casa, tem contato com um grande número de pessoas, está exposto a diversas situações diferentes durante suas atividades. Dele exige-se uma grande dose de flexibilidade e de imaginação para resolver todos os problemas que aparecem. Enquanto isso, a esposa acomoda-se na rotina trabalhosa de todos os dias, ocupa-se das tarefas domésticas que, se lhe ocupam todo o tempo, são repetitivas. Não apresentam desafios novos. Exigem apenas paciência e esforço físico, e quase nenhuma atividade intelectual. Com o passar do tempo vai ficando cada vez mais evidente a diferença no desenvolvimento intelectual de um e do outro. O karma do marido vai se queimando muito mais rapidamente do que o da esposa. Até que um belo dia o homem aparece dizendo que conheceu uma outra pessoa, que ela é fascinante, interessante, cheia de novas idéias, etc. Geralmente acaba em separação, porque a mulher não cuidou de si mesma e não evoluiu, deixou-se ficar.
Pelas mesmas razões, frequentemente a mulher também acaba se descuidando da própria aparência, seja porque pensa que já cumpriu seu papel de atrair seu amado, e dali por diante lhe basta existir, ou porque se preocupa tanto em conservar a casa "um brinco" que não se lembra de que ela também deve apresentar uma figura agradável. O que acontece em seguida é prevesível. O marido já não se sente atraido por aquela figura desleixada, mais preocupada com a rotina doméstica do que com ele........
Em sua mãos está um livro especial. No caminho da busca da felicidade pessoal encontramos muitas dificuldades, sujeitos sempre aos desvios feitos ao acaso. Monica Buonfiglio, nesta nova obra, aborda com maestria o fascinante mundo das almas gêmeas.
Onde encontrar sua alma gêmea, como reconhecê-la, o que fazer para preparar-se e tornar-se digno de realizar esse sonho?
Aqui você vai encontrar todas as indicações necessárias, detalhadamente comunicadas para serem colocadas em prática.
Leia, sonhe, amplie seu mundo, expanda sua aura, cultive seus chacras, evite relacionamentos kármicos, entenda sua própria alma, para que, novamente, a maravilhosa unidade de duas almas gêmeas se torne realidade. Convença-se! Alcance a felicidade especial que você procura e saiba como conservá-la lendo este livro.

terça-feira, 14 de abril de 2009

Amores Perfeitos


A idéia central é essa: Amor é um só. Neste livro não há espaço para meias-verdades. José Angelo Gaiarsa enfrenta a hipocrisia social que divide e classifica os tipos de amor que condicionam os relacionamentos pessoais, e a influência da família nos envolvimentos afetivos. Ele nos fala do amor como terapia ideal, pois só este tem a força e a capacidade de nos transformar em pessoas melhores e mais felizes.
Ocorreu um erro neste gadget