quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

Pedras









O Poder das Pedras Preciosas e dos cristais




Segurar um cristal sobre um ferimento e o girar no sentido anti-horário, isso ajuda a aliviar a dor; Fazer uma massagem com uma pessoa agitada- girando o cristal no sentido horário por sobre todo o corpo, a uma distância de aproximadamente quinze centímetros – cria-se uma sensação de paz e relaxamento que freqüentemente leva ao sono. Se tivermos cansada e colocarmos o cristal em nosso colo, por cinco minutos, recarrega como se tivesse ligado a uma tomada.






As pedras preciosas, que tenham sido descobertas em túmulos de faraós egípcios, em ruínas e templos incas ou simplesmente extraídas do chão, sempre exercem uma fascinação infinita.Um índio cherokee contou uma história sobre um membro de sua tribo que possuía um cristal: ele o alimentava, esfregando-o todo com o sangue de um cervo. A pedra era considerada uma entidade viva que precisava de alimento. A história antiga revela que os mexicanos julgavam que o sangue era a água das pedras preciosas.Muitas culturas acreditavam que as pedras e rochas tinham um poder revitalizante que daria força àquele que as usasse ou as carregasse consigo. Ao longo dos anos, isto levou ao uso de pedras, preciosas ou não, para o tratamento de diversas doenças, prática que se transformou numa ciência altamente desenvolvida.O uso das pedras para decorar os mortos remonta à Antigüidade. Os egípcios cinzelavam versos do Livro dos Mortos em pedras preciosas como a cornalina, o jaspe e a lazulita. A forma de um olho feita de lazulita era considerada especialmente poderosa por simbolizar o Rá, o Deus Sol.Os índios cherokee ainda reverenciam os seus crânios de cristal — conhecidos com crânios falantes porque o seu queixo se movimenta. Esses crânios de cristal também foram usados pelos maias, astecas, egípcios e tibetanos (veja abaixo). Eles também eram colocados em altares e usados por sacerdotes como oráculos. Acreditava-se que a palavra de Deus chegava aos homens através deles. Um desses crânios está no Museu Britânico e há um outro em Paris. O crânio Mitchell-Hedges foi encontrado num antigo templo maia e estima-se que tenha de 20 a 50 mil anos de idade. Muitos paranormais acham que esses crânios são bancos de dados que armazenam informações, da mesma maneira como o faze mos hoje em dia utilizando computadores.A vida secreta dos cristaisDiferentes tipos de magma criam pedras diferentes. As substâncias químicas, a textura e a densidade desempenham papel importante na determinação da pedra preciosa que irá se formar. O magma rico em ferro e magnésio – o gabro - vai criar olivina, zircão e safira. Os diamantes são encontrados num magma conhecido como kimberlito e são formas cristalizadas de puro carbono Os cristais de quartzo são formados de magma rico em silício e oxigênio e iniciam o seu crescimento a partir de partículas de silicato presentes na cavidade de onde eles crescem. A ponta aguçada de um cristal de quartzo natural não foi criada pelo homem. Os cristais surgem no solo já naturalmente facetados. As faces ou facetas — e a maioria dos cristais tem seis — são formadas pela densidade dos átomos interiores. Em outras palavras, a forma de um cristal é determinada por sua estrutura molecular interna.Depois de retirados da terra, os cristais de quartzo reagem quando comprimidos. Eles produzem uma corrente elétrica num processo conhecido como piezeletricidade. Essa piezeletricidade ou oscilação é o motivo pelo qual os cristais são usados em rádios, televisores, computadores e em qualquer aparelho eletrônico de alta precisão.A cura de cristais danificadosUm caso contado pela autora:Há dois ou três anos adquiri um cristal tão danificado parecia um conjunto maciço de fraturas e arestas quebrada seminário sobre cristais, fiz com que ele circulasse pela pelas mãos de aproximadamente 80 pessoas, que se mantiveram de olhos fechados. Pedi-lhes que registrassem por escrito o que tinham sentido ao segurá-lo. Todas as pessoas usaram termos como “medo, horror, coração-partido, quebrado, esmagado e destruído”, para descrever o que sentiam. Eu, então, fiz o cristal circular novamente e pedi ao grupo que o curasse.Uma semana mais tarde, quando esse mesmo cristal um diferente grupo de pessoas, as palavras usadas para “alegria, prazer, satisfação, deleite, liberdade e felicidade havia sido curado.Finalmente, dei esse cristal a uma mulher que estava desiquilibrada emocionalmente e pedi-lhe que completasse a cura. Quando ela o fez, o cristal não apenas a curou, em retribuição, produziu um pequeno arco-íris para confirmar que estava melhor. Também conheci uma mulher que havia ganho de seu marido uma linda jóia de pedras semipreciosas como presente de Natal. a usava ela se sentia mal e ficava doente. Ela perguntou-me se eu acreditava que uma pedra preciosa podia ser afetada pelo do joalheiro que a lapidara. Respondi que, consciente ou inconscientemente, todos nós projetamos alegria, tristeza, raiva ou tédio em todas as coisas que fazemos, seja lapidando uma pedra ou preparando uma refeição. Purificamos o colar, eliminando-lhe toda a negatividade, e ela agora sente-se feliz ao usá-lo. Posteriormente, descobrimos que a esposa do joalheiro havia fugido com o seu sócio. A raiva e o desespero do homem haviam passado para a jóia.Podemos purificar, curar e transformar as pedras e jóias projetando nelas a nossa respiração fortalecida pelo amor.





Pedras famosas e preferidas





As pedras preciosas sempre foram altamente valorizadas e apreciadas pela sua beleza e raridade. Durante milhares de anos, elas têm sido usadas como amuletos e talismãs, bem como para ornamentar quase todas as partes do corpo humano.As peças de joalheria mais antigas de que se tem conhecimento são provavelmente aquelas que foram encontradas no túmulo da rainha Pu-Abis, em Ur, na Suméria, datando do terceiro milênio a.C. O corpo da rainha estava coberto por um manto feito de ouro guarnecido com filetes de lazulita, cornalina, ágata e calcedônia. O costume de se enterrar os mortos juntamente com pedras preciosas, para facilitar a sua passagem para o além, também deu origem ao uso de talismãs para protegê-los dos espíritos maus. Os egípcios consideravam que uma imagem em forma de olho, feita de lazulita— pedra que representava no caso a verdade e a clareza mental - um amuleto de grande poder. Muitas vezes um escaravelho alado também era colocado na tumba. O escaravelho — um bosteiro esculpido — era o símbolo do deus-sol: o bosteiro vivia debaixo da terra e levantava vôo ao meio-dia, tomando-se assim um símbolo da reencarnação.Os escaravelhos eram utilizados como um selo e usados como talismãs. Eles simbolizavam a imortalidade, o renascimento, a regeneração, a fusão dos cérebros esquerdo e direito e a iniciação a um nível superior de consciência. As plantas de muitos templos seguiam o traçado do escaravelho e, assim como as mandalas da Índia e do Tibete, representavam uma maneira pela qual o homem poderia alcançar a iluminação. Os amuletos de escaravelho freqüentemente eram feitos de ametistas. Os egípcios acreditavam que uma pedra preciosa, a esmeralda verde, trazia fama e fortuna e que, se fosse sugada, conferia o dom da profecia. No caso de infidelidade conjugal, no entanto, ela se quebrava. Na Grécia, os talismãs esculpidos cobriam uma grande variedade de temas. Nos séculos IV e V, representações da beleza corporal e de mulheres tomando banho eram muito admiradas. Na metade do século V o escaravelho — com o mesmo significado simbólico que tivera no antigo Egito — tomou-se popular. Nos séculos VI e VII as peças de joalheria geralmente apresentavam divindades e figuras mitológicas. O nó de Hércules era considerado um nó mágico e, nas jóias, assumia o significado de um amuleto. Acreditava-se que, usando a sua imagem, a pessoa poderia atrair para si o poder dos deuses.Em Roma, os escaravelhos foram comuns até o terceiro século. Posteriormente, as coleções de pedras preciosas transformaram-se numa mania. Júlio César era um ávido colecionador que, segundo consta, doou seis coleções diferentes ao templo de Vênus Genetrix, pedras mais comumente encontradas nessas coleções eram a granada, a cornalina, a ametista, o topázio e a olivina. Era crença que o jaspe vermelho e a cornalina tinham propriedades mágicas. Acreditava-se que o ato de beber um copo de água onde ficara mergulhada uma ametista constituía uma proteção contra a embriaguez;Na Idade Média, acreditava-se que um anel de rubi protegia seu proprietário contra a sedução ao mesmo tempo que trazia riqueza, terras e títulos para a sua vida –mas apenas se fosse usado na mão esquerda. Os maoris consideravam o jade verde tiki uma pedra da sorte. O tiki, era originalmente chamado de “tiki” significando ornamento esculpido para o pescoço. Ele era transmitido de um proprietário para outro por ocasião da morte e acreditava-se que continha e compartilhava a sabedoria dos ancestrais.Parte da boa ou má sorte parece estar associada com o brilho da pedra preciosa. Quando o brilho de alguma pedra diminui, acredita-se geralmente que seja um mau presságio, indicando a ocorrência de doença ou de morte. O bispo Constantia disse que as pedras das vestimentas do sumo sacerdote “assumiam uma coloração escurecida ou ficavam cor de sangue” se a pessoa tivesse pecado. Se as pedras brilhavam como “a neve batida pelo vento”, isto era motivo de celebração. Outro escritor fala que a armadura peitoral do sumo sacerdote estava sendo usada para avaliar a culpa ou a inocência em casos de roubo. Se a pessoa sob suspeita fosse inocente, as pedras brilhavam; se fosse culpada, ficavam foscas.A crença em determinadas qualidades para diferentes pedras e cores parece coincidir na maioria das culturas, embora ocasionalmente haja uma total contradição. Em algumas culturas, por exemplo, o ônix é uma pedra de equilíbrio, que faz a pessoa “pôr os pés no chão” e lhe dá uma estabilidade. Todavia, o nome árabe do ônix – el jaza - significa tristeza. Nos países árabes pensava-se que as faixas contrastantes pretas e brancas significavam separação e discórdia — conquanto fossem benéficas para senhoras na iminência de dar à luz!
Outro caso contado pela autora:A outra pedra era uma água marinha que comprei de um homem que parecia muito ser um mágico. A pedra comportou-se como se tivesse sido programada para produzir um som agudo a intervalos regulares, um pedido para que eu chamasse esse homem. Ela comportava-se como se fosse um telefone paranormal e, cada vez que “tocava”, trazia para dentro da sala um poder extremamente manipulativo. Depois que purifiquei a água-marinha ela se tomou leve, brilhante e produziu um pequeno arco-íris. Eu a purifiquei com água, sopro, visualização e amor.Outro de meus objetos favoritos é um pequeno coração de mármore Originalmente, ele tinha dentro de si um coração branco perfeita mente formado, no mesmo padrão do mármore. Durante uma visita ao Sri Lanka sofri um tipo de ataque psíquico e o coração branco que havia dentro do mármore verde desapareceu. O mármore absorveu a negatividade dentro de si mesmo, a ponto de seu próprio coração desaparecer. Isso foi extremamente desagradável e, apesar de eu lhe ter dado o meu amor, o coração branco jamais retomou.Vi um acidente semelhante ocorrer com uma pedra que absorveu a doença de um amigo. Mais uma vez, a pedra não somente mudou de cor como também ficou mais pesada. Falando sobre as suas jóias, uma escritora francesa disse que elas perdiam a cor quando as negligenciava. A mulher costumava usar todas as suas jóias ao mesmo tempo porque, conforme ela disse, as pedras ficavam com ciúmes umas das outras quando uma delas era deixada para trás.As formas e símbolos das jóias também podem nos influenciar. Somos todos bombardeados pelos símbolos que estão à nossa volta. A maioria de nós não tem nenhuma consciência de seus efeitos sobre nós.Uma amiga minha da Austrália estava se queixando por não existir nenhum homem em sua vida. Observei que todos os dias ela usava em tomo do pescoço um medalhão fechado com a forma de um coração. Sugeri que ela tirasse o objeto do pescoço, o abrisse e o colocasse sobre o criado-mudo, onde pudesse olhar para ele antes de dormir e inculcar em si mesma a impressão de que então o seu coração estava aberto.Como escolher uma pedra preciosa ou semipreciosaCleópatra, uma das maiores beldades da história, tomou extremo cuidado ao selecionar a grande variedade de pedras preciosas que usava para acentuar seus encantos. Sua touca adornada com jóias foi confeccionada com pedras preciosas que, conforme se acreditava, eram responsáveis por faculdades como o magnetismo, a juventude e a vitalidade. Suas jóias foram escolhidas para garantir-lhe saúde e perfeição, tanto interiores como exteriores.Os antigos egípcios compreendiam as forças vibratórias de determinadas pedras e a sua correlação com forças semelhantes do interior do corpo, de modo que havia um claro propósito por trás da escolha das pedras preciosas. A safira egípcia, que conhecemos como lazulita, era moída para se fazer uma sombra brilhante para os olhos; a água em que ‘ a pedra havia sido colocada de molho era usada para se lavar os olhos a fim de que ficassem mais brilhantes, tal como usamos os colírios hoje em dia. A composição química da lazulita inclui o cobre, que é um adstringente. Assim, esse era provavelmente um tratamento ocular eficaz. As pedras azuis eram associadas ao céu e a Rá, o deus Sol. , Acreditava-se que elas contribuíam para a castidade, esfriando os ardores da paixão sexual.A malaquita foi outra pedra muito utilizada como sombra para os olhos. Acreditava-se que a sua brilhante coloração verde era boa para a visão e estimulava a capacidade da pessoa prever o futuro. Se um pedaço de malaquita se quebrava em dois, isso significava perigo. Recentemente, uma amiga minha estava segurando um ovo de malaquita, quando ele se quebrou. Ela voltou para casa e descobriu que o seu marido — um alcoólatra supostamente regenerado — tinha tomado uma bebedeira e que o filho e a nora, pais de seu neto favorito, haviam decidido se separar.No antigo Egito, a madrepérola era esfregada na pele para fazê-la brilhar, rubis e granadas eram usados para estimular as células, e o coral, para melhorar a circulação. Acreditava-se que as esmeraldas aguçavam as faculdades mentais e, quando mantidas sob a língua, tornavam mais rápido o raciocínio, ao passo que as ametistas eram usadas para reduzir a intoxicação e a inflamação. Além disso, acreditava-se que a água marinha era boa para diminuir os fluidos do corpo e que o topázio era bom para os rins e para a bexiga. Para os egípcios, o topázio representava, o sol e era usado como uni símbolo da vida e da fertilidade. Presumia-se que ele tinha a capacidade de eliminar os terrores noturnos, incluindo o medo da morte.Escavações recentes feitas no Egito revelam que os diamantes eram usados para cortar pedras, já no ano 4000 a.C. — embora se acredite que as pedras que passavam por diamantes e eram usadas junto ao corpo fossem de fato cristais de quartzo. Acreditava-se que os eram o elo entre o céu e a terra e eles freqüentemente eram usados em estátuas para simbolizar o olho onisciente e onividente de Deus. As bolas de cristal eram usadas para prever o futuro. Boa parte desse quartzo parece ter vindo de minas de cristal perto de Abu Simbel. Os ocultistas acreditam que os egípcios construíram as pirâmides aplicando os princípios geométricos que regem a estrutura atômica interna do cristal.O uso de pedras e metais preciosos para o tratamento do corpo era bem compreendido pelos egípcios, e eles aprimoraram essa arte, transformando-a numa ciência bem-desenvolvida. As cores também desempenha ram um papel vital tanto na cura do corpo como ao contribuir para o desenvolvimento de determinados poderes. Um dos métodos consistia em colocar alimentos em tigelas incrustadas com jóias de uma certa cor para que o alimento absorvesse as vibrações da cor, antes de ser ingerido.Faço isto comigo mesma atualmente. Quando sinto que o meu corpo necessita de uma determinada vibração, uso as roupas ou como o alimento que pode proporcioná-la. Em vez de usar vasilhames incrustados de jóias, uso simplesmente as cores!Outra mulher que compreendeu e usou o poder mágico das pedras preciosas foi a fabulosa rainha de Sabá. Negra e linda, ela era rainha da África e adorada pelo rei Salomão — que enviou emissários para terras distantes em busca de jóias para agradá-la. Ela escolheu a olivina, o ônix como suas pedras favoritas.As pedras preciosas e o calendárioA crença de que uma determinada pedra foi dedicada a cada mês do ano parece ser muito antiga e possivelmente tinha relação com as doze pedras dos adornos peitorais dos sumos sacerdotes judeus. Os escritos de São Jerônimo e de Josephus comentam a ligação entre as doze pedras, os doze meses do ano e os doze signos do zodíaco.Os caldeus,* que viveram na Mesopotâmia por volta de 4000 a.C., descobriram um relacionamento entre os planetas e determinadas pedras:* Os caldeus eram famosos por estudarem as estrelas para prever o futuro.
Saturno estava associado à Safira
Júpiter ao Jacinto
Sol ao Diamante
Marte ao Rubi
Vênus à Esmeralda
Mercúrio à Ágata
Lua à Selenita
O uso de pedras associadas à data de nascimento somente se gene realizou no século XVIII. Antes dessa época, as pedras eram usadas principalmente por razões terapêuticas.Originalmente, acreditava-se que era melhor ter uma pedra para cada mês e usá-las alternadamente. Acreditava-se que a pedra do mês gerava o máximo poder curativo e protetor nesse mês. Pensava-se também que o uso de uma pedra associada ao signo sob o qual a pessoa nasceu atraía e amplificava a influência vibratória desse planeta específico.No século XVI, era elegante usar uma esmeralda na primavera, um rubi no verão, uma safira no outono e um diamante no inverno.O rubi é conhecido como o rei das jóias, estimulando a expressão e a criatividade. Uma antiga lenda birmanesa fala de uma águia gigante voando sobre um vale à procura de comida. Lá embaixo, ela vê o que parece ser carne vermelha, de modo que mergulha em direção à terra para tentar pegá-la. Ela resiste a todos os seus esforços até que a ave se aproxima com reverência, reconhecendo que se trata de uma pedra sagrada que se originou a partir do fogo e do sangue da terra.Para muitas pessoas, o outono é uma época triste. O verão acabou, as folhas estão caindo, a vida parece estar reduzindo o seu ritmo. A safira é uma pedra que traz lucidez e percepção. *Ela protege contra a depressão e nos ajuda a ir para frente em vez de olhar para trás.O diamante também é uma pedra apropriada para o inverno. Ela é fria, rija, brilhante — como o gelo e a neve de um dia de inverno numa região fria. Trata-se de uma pedra dura, tanto literal como emocionalmente. Todavia, ela pode aguçar o intelecto enquanto a pessoa espera pela amenidade da primavera.À medida que o uso de pedras preciosas e semipreciosas tomou-se cada vez mais popular, desenvolveu-se o costume de usar diferentes pedras para diferentes períodos do dia. As pedras recomendadas para a noite, por exemplo, eram a turquesa, o jade e o jaspe, a turmalina, a malaquita e a lazulita. As pedras para o dia eram a granada, a esmeralda, o diamante e o topázio, a ametista, o rubi e a kunzita A maioria das pedras preciosas recomendada para a noite e mais opaca, ajudando a ancorar o corpo e a reduzir o seu ritmo durante o sono, ao passo que aquelas recomendadas para o uso durante o dia cintilam com a luz para inspirar e estimular o intelecto.Como usar sua intuição para escolherO primeiro e mais importante método consiste em escolher instintivamente aquilo de que você gosta. A linguagem das pedras é a linguagem dos sentimentos.Que pedra você gosta de usar ou tocar? Que cor, forma ou textura desperta algum tipo de reação em você, fazendo com que queira instintivamente ficar com ela?Lembre-se também de que uma pedra pode ter uma “energia” que é apropriada para aquilo que está ocorrendo na sua vida agora. No próximo ano, isto poderá ter mudado. Você pode sentir-se atraído por uma pedra verde hoje porque o seu sistema precisa de paz e equilíbrio. Na semana seguinte, ao contrário, você poderá se beneficiar com a energia revitalizante do vermelho.Depois que uma pedra cumpriu o seu propósito, é importante agradecer a ela por isto. Diga-lhe: “Obrigado”. Tenha a boa vontade de emprestá-la ou passá-la para pessoa que esteja necessitando dessas qualidades específicas. Às vezes uma pedra preciosa perde a cor ou se quebra depois de terminar seu trabalho. Nessa ocasião, talvez seja mais apropriado deixá-la descansar — exibindo-a em algum lugar da casa — ou, até mesmo, devolvê-la à terra. Isto pode ser feito enterrando-a no seu jardim ou numa jardineira.Muitas vezes eu recarrego as pedras que trabalharam demais, colocando-as durante alguns dias num agrupam cristais. Confie em sua intuição para saber o que deve fazer.Outra maneira de escolher é ir pegando várias pedras preciosas e sentir a sua energia nas mãos. Mantenha as mãos espalmadas um pouco acima de diversas pedras preciosas — uma de cada vez — e veja se consegue sentir uma diferença na vibração. Muitas vezes é útil primeiro sacudir as mãos. Ao fazer isso, você recarrega a corrente elétrica natural que existe dentro delas. Quanto mais você praticar, maior será a sua sensibilidade para os diferentes atributos de cada pedra. Todavia, no inicio é muito normal não sentir coisa alguma!





Cores e Cura





Cada cor é uma manifestação da freqüência de vibração de um determinado raio de luz. Cada raio tem suas características. A percepção dessas características pode ser outra fonte de orientação quando se está escolhendo pedras preciosas.VermelhoComo tem a freqüência vibratória mais lenta, a cor mais densa e opaca do espectro é o vermelho. Ele é única forte cor física e pode aumentar a energia, a vitalidade e a regeneração das células, do sangue e dos tendões. Trata-se de uma cor ‘quente”, que e cordialidade. O vermelho é a cor do fortalecimento, da ação, da expansão para elevar-se e iniciar alguma coisa nova. Trata-se de uma cor que pode nos dar um “chute no traseiro” quando nos sentimos preguiçosos. Uma “personalidade vermelha e um líder, um aventureiro, alguém que toma a iniciativa de adotar novas idéias — uma pessoa que goza a vida e todas as coisas físicas, da comida ao sexo, do esporte à música. Quando está desequilibrada, porém, essa pessoa pode tomar-se agressiva e pisar nos calos emocionais dos outros.Pedras vermelhas: rubi, granada, ágata, cornalina.LaranjaO laranja é uma cor maravilhosa para equilibrar o corpo emocional e o sistema digestivo. Ele estimula a assimilação comida e dos acontecimentos que ocorrem na vida da pessoa Ele integra o que precisamos aceitar e eliminar aquilo que não é mais necessário para o nosso crescimento — quer se trate de um emprego ou de uma pessoa, uma atitude ou um hábito. Ele é útil quando estamos lidando com problemas de alcoolismo ou de alimentação. O laranja é particularmente eficaz para eliminar a autopiedade, a falta de amor-próprio, a relutância em perdoar. Ficar de molho num banho laranja (preparado com algumas gotas de corante para bolos) é algo extremamente relaxante se a pessoa estiver se sentindo emocionalmente desgastada. A “pessoa laranja” geralmente é cordial, simpática e atenciosa (freqüentemente uma enfermeira, por exemplo), mas precisa tomar cuidado para não ficar dependente da aprovação dos outros para cumprir a sua função.Pedras laranja: âmbar, topázio, quartzo enfumaçado.AmareloTal como o laranja, o amarelo é uma cor quente e associada ao corpo mental — o lado intelectual e racional da mente. Esta é a cor da aceitação e da doação partilha, da expressão e da comunicação É a força vivificante do Sol. O amarelo pode nos ajudar a desenvolver a nossa capacidade de dia e de discriminar, e não apenas a nossa capacidade de julgar os outros. Trata-se de uma cor alegre, boa para curar a criança interior — libertando-a para brincar, gozar a vida e divertir-se.Uma “pessoa amarela” geralmente é boa organizadora e eficiente para lidar com estruturas (gerência de escritórios e advocacia, por exemplo), mas precisa ter cuidado para não deixar a mente isolar o coração. Pedras amarelas: citrina, topázio, zircão amarelo.VerdeO verde é considerado uma cor intermediária entre as chamadas cores “quentes” (o vermelho, o laranja e o amarelo) e as cores “frias” (azul, Índigo e .violeta). Ele não é frio nem quente e, portanto, trata-se de uma cor curativa por excelência. Por que você acha que estamos rodeados pelo verde da natureza? O verde acalma, equilibra e, como está associado ao nível do coração, ele nos ajudar a desenvolver o amor incondicional. Isto significa amar e aceitar os outros como eles são e não como gostaríamos que fossem, incluindo nós mesmos. Ele pode ajudar a pessoa a tornar-se menos possessiva e diminuir o medo de amar. Uma “personalidade verde” geralmente sensível, responde carinhosa, embora torne-se possessiva e ciumenta quando a sua segurança é ameaçada.Pedras verdes: esmeralda, turmalina, jade, ágata musgosa.AzulO azul, uma cor fria, é associado a um aspecto mental diferente daquele associado ao amarelo. Ele é a cor da sabedoria, da verdade, da integridade — sendo a sabedoria a fusão entre o amor e a vontade. Ele pode ajudar a es solícita em vez de teimosa. O azul inspira controle mental, lucidez, criatividade e a aceitação da responsabilidade por outros. Historicamente, ele está associado ao céu e Deus. Trata-se de urna cor que alivia a dor ou a febre e atua como um anti-séptico para mordidas, coceiras e infecções. Ele pode eliminar confusão, permitindo que a pessoa consiga enxergar as coisas com clareza, e está associado à garganta, que é a área através da qual a pessoa fala a sua própria verdade. Ele pode nos impedir de dizer: “Se eu ao menos soubesse o que tinha de fazer, teria cumprido a minha missão aqui.” Uma “personalidade azul” geralmente é um idealista, observando o mundo a partir de uma perspectiva mais fria e mais do que o amor físico instintivo da pessoa verde.Pedras azuis: safira, água-marinha, turquesa, lazulita, ágata azul.ÍndigoO Índigo é uma mistura de azul-marinho com azul muito escuro. Trata-se de uma cor poderosa que e ao hemisfério direito do cérebro e que, conforme se acredita, estimula á intuição e a imaginação. É uma cor fria e pode ser usada para ajudar a estancar hemorragias se o paciente for rodeado por essa cor. O Índigo é uma cor “mental” e liga-se ao terceiro olho, no centro da testa, eliminando o véu que oblitera esse olho interior, também conhecido como a nossa intuição. Uma “pessoa índigo” muitas vezes obtém sucesso quando age com base em palpites e na própria intuição. Para essa personalidade é importante não se deixar levar por idéias irrealistas.Pedras índigo: sodalita, ametista.Violeta/púrpuraO violeta é a cor do raio da transformação, de mudança. Tenho notado essa cor ser despejada na Terra nos últimos anos e ela é também a cor vista com maior facilidade quando uma pessoa começa a praticar meditação ou visualização. O violeta e o púrpura são oitavas do mesmo raio e desenvolvem a inspiração. As pessoas violeta/púrpura tendem a ser artistas, músicos e escritores que conseguem alcançar outra dimensão e transmitir aos demais o que viram por lá. Por conseguinte, esta é uma cor que pode estimular um elevado nível de criatividade e de percepção espiritual. Uma pessoa violeta/púrpura precisa tomar cuidado para não viver num mundo de fantasia e alienar-se. Tanto a. violeta como a Índigo tendem a chegar atrasadas a seus compromissos!Pedras violeta/púrpura: ametista, cristal claro, sodalita, sugalita.Quanto mais escura e mais densa a cor, mais terrena ou física ela é. As tonalidades mais claras, tendendo ao pastel, são uma oitava mais elevada da mesma nota primária da cor. O rosa, por exemplo, deriva do. vermelho mas é mais suave, mais moderado e menos estimulante. Quanto mais leve a. cor, maior a freqüência de vibração; quanto mais pesada, menor a freqüência.Da mesma maneira, densidade de uma pedra é uma indicação de sua qualidade. Quanto mais opaca a pedra, mais perto ela está da terra e maior a sua capacidade de absorver e de conte. Por outro lado, quanto mais brilhante e cintilante for pedra, maior a sua capacidade de estimular e de liberar o nosso espírito intelecto. O erro mais comum que as pessoas cometem quando estão escolhendo uma pedra é deixar de procurar aquela que vai ajudá-la a se equilibrar — isto é, uma pedra que seja o oposto da sua própria natureza.Como encontrar a pedra apropriada para o seu usuárioPor mais estranho que isto possa parecer, deixe-me dar-lhe um exemplo. Um professor e amigo, com o qual eu estava trabalhando e viajando, tinha transmitido tamanha inspiração a seus alunos que estes decidiram dar-lhe um cristal como um gesto de apreço. Esse homem era tão sábio como Salomão. Por causa da sua grande estatura, tanto física como mental,esses alunos procuraram encontrar, com um arrebatamento crescente, o maior, o melhor e o mais apropriado cristal, com o qual diriam ‘Obrigado”.Sugeri que seria muito mais indicado para o equilíbrio da poderosa personalidade desse homem ter unia pedra pequena, leve, feminina e cintilante. Ele já possuía por si mesmo mais força do que o suficiente, e precisava das qualidades opostas para complementá-lo e não de qualidades semelhantes, que iriam acentuar ainda mais aquilo que ele já era. Eles realmente encontraram um cristal “borbulhante”, e, acredite se quiser, desse momento em diante o professor passou a demonstrar o seu lado alegre e bem-humorado.Uma outra amiga, que sempre parecia estar agitada, costumava comprar pequenas pedras borbulhantes. Ela nunca parava, separou-se do marido, vivia correndo com seus filhos de um lado para outro, começava num emprego e rapidamente o deixava para começar outro. Durante as suas viagens, ela foi subitamente atraída para três enormes cristais. Eles estavam sujos de terra, eram um tanto opacos e não muito bonitos,Diamante HerkimerSe faz parte da nossa natureza sermos fisicamente fortes e seguros, precisamos da efervescência de um diamante Herkimer (cristais que cresceram na água e, portanto, não estão ligados à terra.) Se tendemos a viver num mundo de fantasia da mente e da imaginação, o nosso corpo irá reagir às pedras que conferem estabilidade e estão fisicamente ligadas à terra, como a ágata, por exemplo. Se somos governados pelas emoções, não precisamos de uma pedra para aumentar nossa sensibilidade emocional, mas sim de algo que nos faça agir em vez de reagir. O oposto do que somos traz equilíbrio e cura, seja numa pedra ou num relacionamento.Tendo em mente essa verdade de aplicação geral, examinemos a seguir algumas das características básicas das pedras mais conhecidas.





As propriedades curativas das pedras






ÁgataA ágata equilibra, estabiliza e protege. A ágata vem sendo usada há muito tempo como remédio e era apreciada como amuleto. A ágata azul é mais leve, acalmando a mente e curando as emoções ardentes. Todas as ágatas contribuem para a segurança física e emocional, podendo ser usadas com outras pedras para equilibrar os seus efeitos. As ágatas musgosas purificam o sistema imunológico. Elas são extraordinariamente úteis para aliviar a tensão, especialmente quando a pessoa as segura. Elas em serem usadas quase como os “rosários de preocupações” que são populares na Grécia, no Egito e nos países do Oriente Médio para aliviar a ansiedade e a tensão. Há muito tempo eles vêm sendo usados para proteger seus usuários de qualquer dano físico. Qualquer ágata vai contribuir para a segurança física e emocional — as ágatas podem aumentar a energia sexual e regular a libido.ÂmbarO âmbar absorve a negatividade, equilibra os aspectos positivos e negativos, yin e yang, masculino e feminino. O âmbar traz o calor e a energia vivificantes do sol. Tente atirar uma pedra ou lançar um ataque contra o sol e ainda assim ele continuará a brilhar. Nada poderá feri-lo e o âmbar tem o mesmo poder sobre nós. Ele foi uma das primeiras substâncias usadas pelo homem na confecção de amuletos, na preparação de remédios e na ornamentação. Você pode esfregá-lo sobre a pele ou usá-lo. A água na qual o âmbar foi deixado de molho também é um bom laxante. O âmbar é uma resina solidificada e, quando colocado sobre o plexo solar e na área do umbigo, ajuda a dissolver a rigidez emocional —a muralha protetora que às vezes se desenvolve quando a pessoa é excessivamente sensível e vulnerável — e, assim como o mel, tem um efeito anti-séptico e desinfetante e eu o considero excepcional para tratar o tecido cicatricial pós-operatório. Um colar de âmbar pode dar grande proteção quando vivemos ou trabalhamos num ambiente negativo ou traiçoeiro. AmetistaA ametista transmite, purifica e eleva. Ela é uma poderosa pedra curativa, estimulando a intuição e a consciência espiritual, ao mesmo tempo que acalma a paixão, a violência emocional e a raiva. Ela também contribui para a castidade! Os romanos acreditavam que a ametista prevenia a embriaguez e costumavam beber em copos cravejados com essa a pedra. Seus efeitos seriam os mesmos se uma ametista fosse colocada entro de um copo de vinho. Se você tende a ser excessivamente sensível emocionalmente, esta pedra poderá ajudá-lo a controlar-se melhor. A colocação de uma ametista sob o travesseiro, combate a insônia e o mesmo pode ser feito no centro da testa, como tratamento para dores de cabeça. O centro da testa é o chakra do Terceiro Olho e a colocação de uma ametista sobre esse chakra vai ativar a visão interior. Ela é considerada uma pedra espiritual que contém em sua cor a paixão, a verdade e o amor de Cristo. Esta é uma boa pedra para você começar o seu estudo dos cristais, se achar que o efeito do cristal de quartzo é demasiado forte. A ametista produz um efeito mais suave. Água-marinha A água-marinha é conhecida como a pedra da água — o termo água- marinha significa “água do mar”. A água-marinha acalma e traz placidez, eliminando a ansiedade e os pensamentos negativos. Uma amiga minha que mora no Canadá usava essa pedra para combater a poluição dos lagos em volta de sua casa. Esta é unia pedra “fria” que serve para abaixar a febre e acalmar uma mente hiperativa. A água-marinha é uma pedra que protege contra o perigo e quando está viajando por mar. Supõe-se que traga boa sorte aos pescadores, limpe as glândulas e o sistema nervoso e elimine o excesso de fluidos. Você pode beber água energizada com água-marinha, deixando a pedra de molho de um dia para o outro numa vasilha com água. Assim como todas as pedras azuis, ela tem a propriedade de eliminar as teias de aranha ‘da mente As pedras azuis estão associadas à garganta como é o caso da turquesa, por exemplo. Os pensadores da Nova Era acreditam que todos estamos passando por uma mudança de identidade e que a água-marinha tomará mais fácil para nós esse período de transição. Ela o ajudará a expressar a verdade tal como você a vê.Jaspe sanguíneoEmbora o jaspe sanguíneo seja bom para todos os distúrbios relacionados com o sangue (era usado para estancar hemorragias) e melhore a circulação, tenho amigos com problemas nos quadris e nas articulações que sentem seus movimentos mais livres quando estão usando ou carregando um jaspe sanguíneo. Tal como a ágata, ele estimula a força física, a coragem e o equilíbrio. Ele contrabalança as deficiências do ferro no sangue, cura as hemorragias nasais revitaliza o tecido cerebral e contribui para o fluxo de oxigênio através da circulação. Trata-se também de uma pedra que nos dá confiança quando a seguramos. Acreditava-se que o jaspe sanguíneo tivesse sido formado quando gotas do sangue de Cristo caíram sobre a terra e se transformaram nessa pedra. As mulheres irão perceber que o jaspe sanguíneo é útil para regular o fluxo menstrual, se estiverem tendo problemas com períodos ruins. Trata-se de uma pedra que nos dá uma profunda sensação de calma quando a seguramos nas mãos.CornalinaA cornalina varia em coloração, do vermelho alaranjado ao marrom avermelhado e, às vezes, salmão. Sendo uma pedra motivadora, ela traz felicidade e A cornalina era uma das pedras mais populares usadas em amuletos. Ela pode ajudar-nos a transformar em realidade as nossas idéias, pode curar o ciúme e a inveja e proteger-nos de uma pessoa invejosa. Ela pode nos energizar, estimular a nossa coragem, autoconfiança, ambição e mobilizar-nos para a ação, ajudando as pessoas a falarem abertamente e a se afirmarem. A cornalina pode ser útil no caso de problemas de digestão e de apetite, incluindo anorexia. É uma pedra que deve ser usada sobre o chakra do baço, logo abaixo do umbigo. Além de contribuir para a assimilação dos alimentos, ela nos dá coragem para enfrentar as situações que precisam ser enfrentadas, para manter aquilo que precisa ser mantido e para eliminar aquilo que precisa ser eliminado. A cornalina é boa para o sangue, para infecções e para equilibrar a tireóide. Tanto Maomé como Napoleão usavam uma.CitrinaTrata-se de um membro da família do quartzo que tem poderes semelhantes aos do topázio. Ela ligada ao Sol e estimula a tomada de decisões e também a capacidade de comunicação receptividade, as habilidades administrativas e intelectuais. É uma boa pedra para segurar quando estamos fazendo uma escolha ou uma avaliação. Constitui a escolha ideal para o escritórios e reuniões, onde as idéias precisam ser claras, concisas e expressas livremente. Coloque-a na mesa durante as reuniões, para que ela o ajude a melhorar a s de comunicação, Quando estou escrevendo, costumo colocar uma citrina no bolso ou na mesa que estou usando. Ela estimula a criatividade è a expressão exterior das idéias interiores. A citrina cria uma ponte entre a mente inferior e a superior, entre a intuição e a lógica. Ela ajuda a eliminar as toxinas físicas e emocionais.CoralEsta pedra simples extraída do mar constitui um bom auxiliar para o trabalho físico. Ela também protege as pessoas durante viagens, especialmente entre um país e outro. Originalmente, acreditava-se que ela pudesse estancar o fluxo de sangue, curar a loucura e trazer sabedoria. O coral apresenta diversas tonalidades, variando do branco ao rosa-claro, ao laranja, ao vermelho e a marrom. Esta é outra pedra que contribui para a digestão e a assimilação dos alimentos e costumava ser usada pelos romanos para doenças da gengiva, dor de dente e como proteção contra a negatividade. Ela é particularmente útil para pessoas que se preocupam em demasia com o que os outros pensam. Ela pode ajudá-lo a desenvolver o seguinte tipo de atitude: “O que os outros pensam de mim não é da minha conta.” Ela é uma pedra que promove o equilíbrio no caso de pessoas que trabalham em atividades nas quais cuidam de outros, tais como na enfermagem e na assistência social. Esta pedra é um ótimo presente para uma criança usar como sua primeira pedra, pois vai ajudar a protegê-la contra quedas, sem prejudicar o seu espírito de aventura!Cristal (quartzo)Este é o fogo estimulante que acaba com a estagnação em sua vida, pensamentos e atitudes — ele o força a questionar os seus padrões de resposta reflexa. Os cristais nos levam para níveis mais elevados de percepção e fazem bem para o coração e a espinha. O cristal leitoso ou opaco é o aspecto feminino e receptivo e o cristal claro força masculina. A pessoa que é muito afeta pelas críticas,que se fecha, em si mesma, choca-se e aflige-se com desfeitas ou injustiças reais ou imaginárias, irá se beneficiar com um cristaL claro. O cristal é um gerador e ativador de energia e repele a negatividade em qualquer nível. A água cristalizada — água na qual um cristal foi mergulhado de um dia para o outro ou mesmo durante 20 minutos — vai eliminar a toxicidade do corpo e recarregar o campo eletromagnético que existe à sua volta. O quartzo claro pode ser útil no caso de problemas com o ouvido ou dificuldades auditivas. O quartzo rosa é feminino, suave e calmante. Ele é bom para temores, fobias, dores e para a vunerabilidade de maneira geral. Ele previne o aparecimento das rugas e contribui para a beleza da pele: além disso, um cristal de quartzo pode curar um coração partido e sentimentos de inadequação. O quartzo enfumaçado varia desde a pedra com vestígios de cinza até o preto retinto. Ele confere estabilidade e ajuda a pessoa a enfrentar a sua própria sombra ou negatividade. Quando estamos lutando contra os nossos problemas, contra as sombras que nos impedem de ver a luz, o quartzo enfumaçado freqüentemente toma-se claro. Ele absorve a negatividade e nos conforta quando o seguramos. O quartzo rutilante — que contém pequenos fios de ouro ou prata — pode contribuir para a nossa capacidade de concentração e nos ajudar a controlar a nossa mente. Ele também apresenta em seu interior elementos de ligação com os amigos, a família, as possibilidades futuras e os acontecimentos do passado. DiamanteEsta é a pedra da mente por causa da dureza. Ela simboliza a durabilidade, a incorruptibilidade e a invencibilidade. Amante de Dio (diamante, em italiano) significa “amante de Deus”. Ele, às vezes, é usado para prevenir os devaneios e estimular a lucidez mental e a previdência. Acreditava-se que o brilho dos diamantes emitia uma luz que mantinha a negatividade a distância. Embora o cristal seja a pedra desta nossa era, o diamante será a pedra do futuro. Na mitologia grega, consta que Eros, o deus do amor, teria usado flechas com pontas de diamante para levar as pessoas a se apaixonarem umas pelas outras. Diz-se que um homem compra três diamantes na vida um para a esposa, quando se casa, outro para a amante e o terceiro para a esposa, quando ela descobre o caso com a amante!EsmeraldaÉ a pedra de Vênus, a pedra do amor. Ela contribui para a fertilidade, a honestidade e a autodescoberta. Resolve problemas complexos, estimulando o cérebro e a memória. Em certa época, ela foi usada para curar infecções crônicas como a peste bubônica, esfregando-se uma ferida com a pedra. Ela desenvolve uma boa visão, no sentido físico, e uma clarividência em relação ao futuro Ao mesmo tempo que promove o amor, também pode revelar a verdade que existe nas promessas dos amantes, quebrando-se quando elas forem falsas. Também é boa para os ossos e para os dentes. A esmeralda é usada como uma panacéia. Foi muito popular entre os antigos egípcios e é uma pedra muito boa para se usar quando alguém sentir-se vulnerável no relacionamento.Ela cura inflamações e, no passado, foi utilizada como anti-séptico Tenho uma grande pedra verde-esmeralda (não uma esmeralda verdadeira) engastada num anel de prata. Quando o meu corpo precisa de paz e de relaxamento, eu seguro esse anel sob a luz e olho fixamente para ele durante alguns minutos, até saturar a minha mente com essa cor. Depois eu me sento, ponho o anel sobre o meu colo e imagino a cor fluindo para todas as células, órgãos, músculos e tecidos de meu corpo. Depois de dez minutos sinto-me completamente renovada e revitalizada. Este exercício pode ser feito a qualquer hora, inclusive quando estamos indo para a cama. Uma pedra verde-esmeralda vai ajudar o a desenvolver o amor incondicional.FluoritaA fluorita é uma pedra singular que pode desenvolver a percepção espiritual. Nesse sentido, ela é uma pedra do futuro, pois ajuda a trazer para a realidade material as idéias do espírito. Geralmente, é tricolor — púrpura, branco — e verde. Simboliza os atributos do amor incondicional, o conhecimento e responsabilidade pela disseminação do amor universal e o poder da vontade divina. Assim, ela representa o tríplice aspecto de Deus. É constituída de cálcio e fluorita e é boa para os ossos (que são estruturas do corpo e da vida) dores tombares e também para dores nos dentes e na gengiva em conseqüência de meu acidente, tive muitos problemas na mandíbula. Usei a minha própria fluorita para aliviar a dor que sentia nessa área, deitando-me e apontando a fluorita para o meu queixo. Essa pedra ajudou-me a eliminar a tensão, o bater de queixo e o ranger de dentes. Ela também pode nos ajudar a sintetizar idéias e a juntar pessoas. Fluorita é um agente transmutante que contribui para a descarga do excesso de energia para a terra, ao mesmo tempo que ajuda você a operar com o máximo de eficiência.GranadaO nome granada vem do latim granatus, que significa “como seda”. As granadas são boas para combater as intoxicações, a depressão mental e a insuficiência da tireóide. Elas equilibram o chakra básico ou da raiz – podem estimular a sexualidade reprimida ou modificar a sexualidade hiperativa e são boas para problemas sexuais de homens e mulheres e para a energia criativa. São pedras que irão encorajá-lo a ser e a ter sucesso na vida. Se você for do tipo introspectivo, a granada irá ajudá-lo a sair da sua concha. Ela energiza a circulação e a normaliza, se estiver deficiente, como no caso de pressão sanguínea demasiado baixa. As estátuas de Isis freqüentemente incluem granadas em seu cinto cerimonial porque elas representam o seu sangue e o seu poder. As granadas e as cornalinas se beneficiam com uma lapidação.JadeO jade apresenta-se em muitas tonalidades de verde e é uma pedra absorvente. Ele acalma, cura e equilibra; é bom nos casos de problemas cardíacos, de asma e, como o coral é uma pedra maravilhosamente protetora para se dar a uma criancinha quando ela for ganhar a sua primeira pedra. Trata-se de uma pedra suave e delicada e acredita-se que ela favoreça uma vida longa e próspera. Ela é boa para a flexibilidade e tolerância — uma pedra da amizade. Sendo uma pedra de sorte, muito reverenciada na China, ela pode absorver o juízo, a crítica ou o medo que o impedem de expressar o seu amor. Ingerida numa bebida, o jade fortalece os músculos, endurece os ossos, acalma a mente e purifica o sangue.KunzitaA kunzita, uma pedra feminina, é boa para a pele, rejuvenesce os tecidos e ativa o coração. Ela estimula o amor-próprio e a aceitação, juntamente com a capacidade de nos rendermos aos nossos sentimentos. Ela é relativamente “nova”, tendo sido descoberta em 1902, e é uma linda pedra cor-de-rosa. Se uma mulher tiver dificuldade para expressar a sua feminilidade, a kunzita poderá ajudá-la a aceitar a sua condição de mulher. Ela pode regular os problemas menstruais que freqüente mente causados pela falta de uma aceitação total da feminilidade da pessoa.LazulitaA lazulita fortalece o corpo durante o despertar espiritual, abre a mente para o divino, protege contra depressão e contra os ataques psíquicos. Ela aumenta a visão interior e a clareza mental. Ë é a pedra da verdade da integridade — a pedra dos deuses - e tem um quê de ouro contra um fundo de azul vivo e carregado. Esta é uma pedra real e foi reverenciada tanto no antigo Egito como na história do povo hebraico, sendo provavelmente a ‘safira” das vestes do sumo sacerdote. Ela também era transformada em pó para a produção de cosméticos a serem usados em torno dos olhos.MalaquitaEste brilhante mineral verde é bom para os dentes. Ele também suaviza e acalma, ajudando assim a favorecer a paciência, a resistência física ‘ paz interior´. Esta pedra costumava ser considerada um talismã que protegia contra quedas, sendo particularmente apropriada para crianças. Os egípcios usavam-na como sombra para os olhos e para propiciar uma boa visão. Era também um remédio para a cólera. Trata-se de uma pedra que protege e fortalece o chakra do coração, ajuda a remover as ilusões da mente e atua em todos os tipos de depressão. Ela promove um equilíbrio preciso do corpo físico e alivia o inchaço e a inflamação. Esta pedra tem propriedades anti-sépticas e é boa para reumatismos e artrites; também é indicada para a pituitária e para os homens que precisam ser mais abertos emocionalmente. A malaquita pode se quebrar se o perigo ou o desastre forem iminentes.SelenitaCom o seu brilho branco, pálido e perolado, a selenita ajuda a desenvolver a sensibilidade emocional e, conforme se acredita, desperta a paixão quando trocada entre amantes, e abre o coração para a possibilidade de dar e receber. A selenita vai equilibrar o excesso de sensibilidade e gerar a capacidade de dar atenção e cuidar das outras pessoas. Ela está associada à deusa Diana e, segundo a lenda, o seu brilho aumenta quando a lua nova toma-se cheia; Ela é boa para a glândula pituitária e pode promover o despertar, no homem, da mulher interior.OpalaSendo uma pedra da percepção psíquica — da Lua e da água —, ela pode aumentar tudo o que sentimos e contribuir para a assimilação das emoções. Ela é como uma lua cheia que traz emoções ocultas para a superfície, causando grande desconforto, e depois as joga de volta em nossa cara. Acreditava-se que as opalas ajudavam as parturientes a se soltar e a relaxar. Na Idade Média as donzelas louras apreciavam colares de opala por acharem que eles ajudariam a conservar a cor de seus cabelos. A opala ajuda o corpo a assimilar proteína. Algumas histórias sugerem que a opala é uma pedra agourenta. Esta crença originou-se no século XIX, a partir de uma história de Walter Scott. Ela se quebra com facilidade e, por isso, precisa ser mantida separada do restante de suas jóias. Como se trata de uma pedra aquática, a opala gosta de ser banhada em água fria. A opala-girassol estimula a paixão e pode curar a área genital. As opalas variam em cor, desde o creme translúcido ao azul e preto flamejantes. Elas geralmente refletem as cores do arco-íris e às vezes eram usadas para auxiliar a realização de profecias e adivinhações. Elas são boas para os pulmões.PérolaA pérola é muito feminina, simpática e também associada à Lua e à água. Ela é emoção, castidade, pureza, cura a irritabilidade e restaura a harmonia. Uma pérola cine perde o brilho é considerada de mau agouro - ela perdeu a força vital. Os pescadores de pérolas do Boméu guardam toda nona pérola que encontram e colocam-nas mana garrafa com dois grãos de arroz para cada pérola, de modo que elas possam produzir mais pérolas (assim acreditam eles). Para garantir a eficácia do método, cada garrafa deve ser tapada com o dedo de um homem morto. OlivinaA olivina ou crisólita, como às vezes é conhecida, possui uma energia é a do topázio De cor verde-amarelada, as olivinas são brilhantes e cintilantes — contendo sol e vida — e constituem antídotos para a depressão e o ciúme. Elas são boas para a mente e o fígado.As olivinas foram usadas Atlântida, no antigo Egito e nas civilizações inca e asteca, onde eram utilizadas para purificar a mente e o corpo. Elas contribuem para a absorção dos alimentos ingeridos e combatem a inflamação e a ulceração dos intestinos e de outros órgãos internos. Assim como outras pedras que fazem bem para o aparelho digestivo, elas também ajudam a eliminar a congestão emocional. São benéficas para o chakra do baço, localizado imediatamente abaixo do umbigo e irão amenizar problemas no pâncreas e na bexiga. Estas pedras são particularmente boas para o fígado, graças ao seu poder de purificação. Beber da água onde foi deixada dê molho de um dia para o outro é um bom tratamento para o fígado.RubiConhecido como o rei das pedras preciosas, ele contém dentro de si a árvore genealógica da humanidade e a beleza da alma. Ele estimula o desejo de viver, a geração de idéias, o poder da autoridade. O rubi equilibra a mente, o corpo, o sentimento e o espírito. Acreditava-se que uma chama inextinguível queimava dentro dessa pedra, tão forte que poderia fazer a água levantar fervura. Ele simboliza o relacionamento duradouro, o casamento, a realeza e também o poder do espírito. O rubi promove a abundância e pode energizar qualquer parte do corpo. Está ligado ao átomo-seminal que existe dentro do coração humano. Este átomo-semente é a nossa conexão com Deus e contém a memória e o conhecimento de nosso passado, presente e futuro. Portanto, o rubi é uma poderosa pedra e também pode energizar o coração e ativar a memória do nosso próprio registro psíquico. Safira As tonalidades azul-escuro da safira devem-se à presença de ferro ou titânio, ao passo que as outras cores da safira, como o rosa, o verde ou o amarelo resultam da presença de outros compostos minerais. Ela é pedra da verdade, da beleza, da clareza e da sabedoria. É um adstringente para lavar e curar infecções. Esta pedra também está associada à virtude celestial, à devoção e ao auto controle — sendo especialmente útil para controlar desejo sexual. Os Dez Mandamentos foram gravados em pedras de safira — embora se pense que essas pedras podem de fato ter sido de lazulita. A safira — especialmente a safira astéria — é a pedra do destino que pode nos estimular a alcançar as estrelas. Algumas culturas acreditam que as três faixas de luz que se cruzam para formar os seis pontos da superfície da pedra representam a ié a. p — destino. Se você tem uma idéia ou um ideal, especialmente se isto for contribuir para o bem-estar da humanidade, uma safira astéria poderá ajudá-lo a conservar o seu sonho e a transformá-lo em realidade.Sodalita A sodalita é um mineral azul-arroxeado. Ela contém dentro de si a energia necessária para aumentar a percepção espiritual. Quando mantida sobre o centro da testa pressionada contra Terceiro Olho, ela pode estimular o surgimento de novas perspectivas. Ela é uma pedra para os anos noventa, criando um elo entre o consciente, o superconsciente e o subconsciente. Ela equilibra o metabolismo, reduz a pressão sanguínea e ajuda a dormir. Se uma pessoa sente-se atraída por esta pedra,isto freqüentemente ocorre por causa de deficiências físicas no interior do corpo, já que a sodalita pode equilibrar o metabolismo, em especial a produção de insulina pelo organismo. O poder da sodalita é amplificado quando ela é usada juntamente com um quartzo claro por exemplo.SugalitaEsta pedra rosa, violeta e azul é muito boa para o desenvolvimento do Terceiro Olho ou visão interior. Ela remove as “teias de aranha” mentais existentes entre o pensamento intuitivo do cérebro direito e o pensamento lógico do cérebro esquerdo. Ela equilibra as glândulas pineal e pituitária e pode ajudar as crianças com dificuldades de aprendizado e também com autismo, dislexia e epilepsia. Ela é uma pedra do “presente” e também muito útil na meditação.Olho de TigreEsta é uma pedra forte e terrena que estabiliza, solidifica, junta e condensa imagens e pensamentos. Ela pode ajudar a nos concentrarmos e a direcionar a nossa energia física para a realização de uma determinada meta. O olho-de-tigre, às vezes chamado de “olho-de- gato”, destina-se a ajudá-lo a enxergar no escuro, a desenvolver a intuição e a trazer sorte. Ele atua sobre a consciência, ajudando-nos a fazer distinção entre os falsos desejos e as verdadeiras necessidades. Também ajuda a purificar o corpo depois de um abuso de alimentos pesados. Sendo uma pedra razoavelmente densa, apesar de brilhante, no processo de evolução ela pode nos ajudar a ir da densidade para a luz, ao mesmo tempo que nos dá proteção.TopázioAcreditava-se que esta pedra prevenia resfriados e tuberculose, graças à sua capacidade de ativar os pulmões e às suas propriedades semelhantes às do âmbar. Em hindu, topázio significa “fogo”. Ele traz luz à vida, alivia a tensão e protege contra o perigo. A pedra pode ser amarela, marrom ou azul, sendo mais preciosas as de tonalidades dourada e âmbar. Se você puser um topázio sob o travesseiro durante a noite, ele irá acalmar-lhe os nervos e energizará o seu corpo durante o sono.TurmalinaO nome vem do termo cingalês “tourmali”, que significa uma pedra preciosa de cores mistas. O tipo mais popular é a combinação de verde e rosa. Devido à sua capacidade de produzir cargas negativas e positivas em qualquer extremidade, a turmalina é uma pedra extraordinária para promover o equilíbrio. Ela pode estimular a comunicação e a cooperação entre forças. Esta pedra tranqüiliza, acalma e é boa para o sistema linfático e o aparelho digestivo. Uma das pedra mais versáteis, ela afeta a mente e o corpo e não absorve ou conserva qualquer negatividade. A turmalina verde e rosa atua sobre o usuário como um equilibrador de polaridade e redireciona as energias que possam estar congestionadas ou obstruídas. A atual transição pela qual passa a Terra está promovendo o equilíbrio entre o feminino e o masculino e, por seu próprio efeito equilibrador, esta pedra preciosa elimina a incompreensão, o fanatismo e a intolerância; portanto, trata-se de uma pedra especialmente valiosa para os anos noventa. Ela pode nos ajudar a perdoar a nós mesmos e aos outros e é particularmente útil .quando a pessoa é demasia do sensível às críticas e opiniões dos outros. Ela toma possível um fluxo entre a mente/espírito e o corpo/sentimento. Por causa de sua combinação de rosa e verde (rosa na parte de dentro), ela simboliza o túnel que se vê na Experiência de Quase-Morte e pode facilitar o descolamento da cons ciência de um nível para o outro — morte e renascimento. Lembre-se de que o nascimento, aqui, é morte numa outra dimensão, e de que morte, aqui, é nascimento num outro nível. Esta pedra é cheia de alegria e pode ajudar a curar um coração partido.TurquesaPara os habitantes da Atlântida e para os índios americanos, a turquesa simbolizava o céu, o sopro da vida e do espírito, e era um lembrete de que o homem é uma criatura do espírito e não da carne. No século XIV, dizia-se que a turquesa “protegia os cavalos dos efeitos prejudiciais da ingestão de água fria, quando excessivamente aquecidos por causa do esforço”. Trata-se de uma pedra da coragem, da realizado e do sucesso. É também uma excelente pedra (ou cor) para se usar em todo pescoço quando tem de falar em público. A turquesa representa força e poder. Esta pedra é tida como sagrada pelos índios Pueblo, do Novo México, e até o fmal do século XVII costumava ser usada apenas por homens. Ela é uma pedra sensível e, às vezes, pode perder a sua cor. A turquesa é particularmente boa para a garganta, os pulmões e a respiração e, em virtude de seu alto teor de cobre, é um extraordinário condutor de cura. Ela também é boa para curar reumatismo e artrite.Bibliografia: SOOZ1 HOLBECHE, “O Poder das Pedras Preciosas e dos Cristais - Como eles podem transformar a sua vida”-1989 - Cultrix





As variedades funcionais dos cristais






Freqüentemente, sinto-me atraída por cristais de duas terminações Isto significa pontas naturais em ambas as extremidades (natural, neste caso, significa que as pontas não foram produzidas por lapidação; elas se formaram assim. Uma única terminação significa uma única ponta numa das extremidades A outra extremidade geralmente é irregular e indica o lugar onde o cristal foi quebrado para ser removido de sua base. Um cristal contém dentro de si os pares de opostos negativo-positivo, masculino e feminino unindo-os pelo centro. Alguns cristais com duas terminações, que se quebram numa extremidades durante a sua formação, curam-se a si mesmos fazendo crescer um segundo ponto sobre a ferida. Eles são duplamente eficazes para reconstruir o corpo físico porque demonstram o poder de curar a si mesmos.Como os cristais reagem, amplificam e transmitem numa freqüência vibracional muito alta, eles têm a capacidade de nos abrir para outros níveis de consciência. Eles afetam o campo de energia que existe ao redor de nós, que é conhecido como aura e contém o padrão de nossa vida, pensamentos e emoções. Os cristais emitem energia sobre tudo o que esteja num raio de um metro e, portanto, ajudam a romper a estrutura ou cristalização — especialmente no campo da aura. Todos os cristais fazem isto, sejam eles grandes ou pequenos. Todavia, os cristais de pontas duplas, que contêm dentro de si o poder dos opostos, deu ajudar a conhecera vida-morta medo-alegria, preto-branco, bem-mal. Em outras palavras, eles nos incentivam a explorar os extremos de nós mesmos — o que nem sempre é agradável mesmo que nos conduzem a um ponto de equilíbrio no meio. Os cristais de pontas duplas simbolizam a união de opostos. Eles podem ser úteis em problemas de comunicação porque, ao nos levarem a abrir as portas fechadas, eles nos ajudam a ouvir a oposição. Eles são ao mesmo tempo transmissores e receptores — assemelham-se a uma dose dupla de transformação.Cristais de uma só pontaOs cristais de uma só ponta têm seis lados e geralmente apresentam seis facetas tomo do ponto de terminação. Digo geralmente porque às vezes, aparece uma faceta adicional – em forma de losango – à esquerda ou à direita da face central.Se aparecer para a direita, significa que é predominantemente orientado para a direita. Eles são mais eficazes para o lado direito do corpo, enquanto os da esquerda são mais importantes para o lado esquerdo.Cristais voltados para a direita e para a esquerdaExcetuando os canhotos, o lado esquerdo é controlado pelo lado direito do cérebro e vice-versa. O lado direito é a parte intuitiva, imaginativa e receptiva, enquanto o ce esquerdo é a parte lógica racional e dedutiva. Um sente e escuta. O outro pensa e age. Por conseguinte, o lado esquerdo do corpo é considerado receptivo ou feminino e o lado direito, agressivo ou masculino. Se você precisa ser mais compreensivo, mais aberto aos sentimentos, um ouvinte melhor — se você quiser desenvolver uma maior harmonia com a sua intuição — o cristal voltado para a e a sua meI & escoifia Por outro lado, se você precisa ser mais a decisivo e tiver Fé adotar algum tipo de ação, física ou mental, o cristal voltado para a direita é o mais apropriado.Cristais transmissoresUm cristal transmissor ou impulsor é aquele que tem uma face piramidal com três lados claramente definidos, como um triângulo, no centro (veja ilustração). Este triângulo pode ser muito grande ou muito pequeno e geralmente é ladeado por faces heptagonais. (Digo geralmente porque o cristal que está diante de mim agora tem uma face heptagonal de um lado e uma face hexagonal do outro.) Quando seguramos este tipo de cristal, ele pode dirigir ou transmitir energia curativa. Ele não substitui aquilo que pode ser leito com as mãos, mas amplifica a energia — da mesma forma como um microfone amplifica a voz. Um transmissor também pode ser usado para a cura a distancia, colocando-o sobre o nome da pessoa que está doente ou segurando-o enquanto nos concentramos naquilo que, nessa pessoa, mais precisa ser curado. (Não especifique uma determinada energia a não ser que seja amor ou luz!) Ela pode ser usada para comunicar sentimentos de amor a familiares ou amigos que estão longe, quase que da mesma forma como um sistema pessoal de radiodifusão. Através dele você pode fazer perguntas ao universo, aos guardiães ou aos guias.Cristais receptivosUm cristal receptor ou receptivo é aquele cuja face principal é achatada com sete lados (ver ilustração). Este é o tipo de cristal que, numa cura, pode ajudar a eliminar a dor. Para este propósito ele é usado a mão es . Há pouco tempo uma amiga minha deixou cair acidentamente um quadro negro no pé, quebrando-o. Enquanto esperava a chegada do médico, usei um cristal receptor para amenizar a dor e o traumatismo O medico, então, imobilizou o pe com gesso Nos dias seguintes dediquei-me ao seu pé cinco a seis vezes por dia, durante cerca de dez minutos de cada vez. Ela também levou o cristal para a cama e conservou-o no chão, perto do pé, durante o dia. A minha amiga quase não sentiu nenhuma dor. Sete dias depois o gesso foi removido e o médico não conseguia acreditar na rapidez com que o osso havia sarado. Embora ainda estivesse mancando, ela conseguiu livrar-se do gesso mui to mais rapidamente do que o normal.Cristal-janela(note o efeito-janela no encontro das faces)O cristal receptor é particularmente útil para a meditação quando seguro na mão ou colocado sobre o colo, ele vai armazenar ou registrar as lembranças da meditação, tomando assim mais fácil e rápido o relaxa mento até um estado meditativo. Os cristais receptivos são bons ouvintes e estimulam a capacidade de ouvirmos ou nos sintonizarmos com a nossa própria orientação e sabedoria interiores. Quando mantidos perto da cama, eles vão nos ajudar a sonhar e a recordar os nossos sonhos.Arco-íris em cristaisOs cristais com arco-íris são particularmente alegres e carinhosos. Vejo os arco-íris — sejam eles reais ou vistos durante os sonhos — como uma bênção de Deus, um sinal de proteção e amor angelicais. Muitas vezes, as cores do prisma que formam os arco-íris em cristais são resultado de uma imperfeição ou de uma pancada violenta. Esta também é uma das razões pelas quais eles são companheiros agradáveis, lembrando-nos de que as nossas falhas e os golpes que recebemos podem trazer-nos beleza e alegria. Se você sentir-se deprimido ou desiludido pela vida, tente manter no seu bolso um cristal com cristal arco- íris é uma ponte entre este mundo e os mundos superiores — os i com arco-íris ajudam-nos a suprir eDiamantes HerkimerUm cristal com muita alegria, brilho e vitalidade é o efervescente diamante Herkimer (veja desenho da página 72). Este cristal só é extraído no Condado de Herkimer, no Estado de Nova York, nos Estados Unidos.Ele é um membro da família do quartzo, mas brilha e cintila como um diamante facetado. Os Herkimers crescem numa solução líquida, no interior de uma rocha dolomítica, em vez de numa rocha constituída de silicatos. Assim, eles são muito diferentes, tanto em constituição química como em relação aos seus efeitos. Os cristais de quartzo crescem a partir de uma base em contato com a terra. O Herkimer forma-se sem ligação com a terra — ele está suspenso num liquido, dentro da rocha hospedeira, e crescer para qualquer lado, sem restrições. Por esta razão ele eleva o espírito, expande-nos e liberta-nos do peso das responsabilidades excessivas. Se você precisar de um pouco de alegria, risos e espontaneidade — um pouco mais de fascínio em sua vida — experimente um Herkimer. Apesar de suas propriedades efervescentes, ele tem o poder de libertar o espírito e deixá-lo elevar-se.Bastões de laserO bastão de laser é um cristal que, combinado com a visualização, pode ser usado como uma tesoura ou como uma faca. Ele é longo, fino e não se destaca pela beleza, assemelhando-se mais a um instrumento cirúrgico. O meu é acinzentado e parece ser quase sujo. O bastão de laser é uma espada de luz — pense na espada de Darth Vader, em Guerra nas Estrelas — e pode ser usado para remover obstáculos mentais e emocionais. Ele corta os grilhões que nos sufocam e restringem.Cristais-fantasmasUm cristal-fantasma é aquele que apresenta uma inclusão de um outro elemento. Em algum estágio o cristal parou de crescer e outro material foi depositado nas suas faces. Quando as condições mudaram, o cristal retomou o crescimento, envolvendo as partículas capturadas. O contorno fantasma mostra onde o crescimento parou — é como se fosse uma imagem fantasmagórica de um outro cristal. Porque um elemento da natureza fundiu-se com o cristal, os fantasmas podem nos tornar receptivos para as maravilhas da natureza e estimular uma maior cooperação com o reino elementar. Se você quiser iniciar uma conversação com as suas plantas, use um fantasma como intermediário! Cristais gêmeosOs cristais gêmeos são dois cristais ligados um ao outro. Embora possam ter o mesmo tamanho, às vezes um é muito maior do o outro. Eles se apóiam mutuamente e contêm polaridades voltadas para a esquerda e para a direita. Eles vão equilibrar os nossos aspectos interiores masculino e feminino, bem como os nossos relacionamentos externos masculinos/femininos. Os gêmeos interpenetrantes são cristais que crescem juntos e de tal forma que parecem penetrar um no outro e tendem a ter um centro comum. Eles simbolizam a união de ideais a capacidade — de se fundirem um no outro sem perda de poder — a individualidade. Este é um cristal para casais ou para alguém que tenha necessidade de ficar um grupo. Os trios formados quando três cristais se juntam, são bons para a comunicação. Comunicação consigo mesmo, com a intuição e com a sabedoria interior.Agrupamentos de cristaisOs agrupamentos de cristais, que se formam quando muitos cristais crescem juntos, são maravilhosos para as famílias e para o lar. Cada pessoa cuida de seus próprios assuntos a partir de uma base coletiva. Os agrupamentos contêm as polaridades negativa e positiva e, nos agrupa mentos grandes, também os sentidos norte, sul, leste e oeste. Eles limpam o ar, quase como um ionizador, e recarregam a atmosfera. Um cristal mento colocado num escritório ou numa sala de espera — qualquer lugar onde as pessoas se reúnam — cria harmonia e equilíbrio. Os agrupamentos promovem uma suave eficiência no ambiente de trabalho e também são maravilhosos no jardim.Ao escolher um cristal para atuar sobre o corpo — cura e massagem com o uso de cristais escolher pedras de 7 a l centímetros. Embora o poder dos cristais não dependa simplesmente do tamanho, uma pedra de maiores dimensões cobre uma área mais extensa com mais rapidez. Nas técnicas em que o cristal é seguro com voltada para baixo, esta precisa ficar a 1, 2,5 centímetros da mão O cristal também precisa ajustar-se confortavelmente a palma da mão. Os cristais de uso pessoalOs cristais de uso pessoal, que você queira usar ou carregar, precisam ser suficientemente pequenos e leves para que o seu peso não o incomode. Se for usar o seu cristal numa corrente, não nenhum acessório de fixação, que cubra alguma das extremidades. Um cristal respira. Portanto, ele precisa de um fecho em tomo de sua parte média, deixando a as extremidades livres para respirar prata e melhor metal para ser usado com um cristal de quartzo. Alguns cristais fazem com que nos sintamos alegres e bem de saúde, enquanto outros criam uma expansão que pode favorecer os sonhos e a meditação. Há cristais que nos equilibram emocionalmente ou eliminam a confusão mental, de modo que possamos tomar decisões e fazer escolhas com paz e lucidez. Quando um cristal aparece inesperadamente na sua vida, ele é uma dádiva especial do universo para você - ele cresceu para você. Tenha-o em alta estima. Quer você tenha comprado ou recebido cristais como presente, todos eles são dádivas muito especiais do universo. Portanto, não fique irritado, ansioso, confuso nem demasiado solene ao escolher um cristal. O cristal correto para você sempre vai aparecer.“Posso escolher um cristal para outra pessoa?” é uma pergunta que sempre me fazem. Sim, é claro. Pense em si mesmo como um meio pelo qual o cristal chegará até a pessoa para quem ele se formou. Eu iro que, ao olhar para uma seleção de cristais, você pense no nome da pessoa o nome dela, em sua mente visualize a sua aparência e, por fim, pergunte aos cristais qual deles destina-se a pessoa em questão Você pode fazer isto com os olhos fechados ou abertos, como preferir. Em seguida, deixe a sua mão ser atraí da para aquele que lhe parecer a escolha certa. Confie em sua intuição e na consciência dos próprios cristais.Uma outra questão que desperta interesse é a diferença entre os cristais naturais e os artificiais. Os cristais artificiais — vidro ou cristais de chumbo — apresentam um elevado teor de óxido de chumbo, que é isolante Eles não possuem nenhuma força vital e não transmitem energia. Os cristais artificiais também pelos pensamentos dos homens que os produziram. Os cristais de chumbo com sua miríade de formas - sóis, luas, estrelas - São agradáveis e decorativos. Na presença da luz solar, eles podem encher uma sala de arco-íris, como se fosse por magia. Afora suas propriedades visuais, porém, eles não têm a capacidade de curar ou de transformar.Cristais divinatóriosBolas de cristaisAs bolas de cristal, usadas na cristalomancia, às vezes são feitas de cristal de chumbo. Embora elas sejam muito bonitas, pessoalmente prefiro aquelas feitas de cristal de quartzo. As bolas de cristal são usadas na previsão como um objetivo que atrai a atenção da pessoa que a contempla. Os pontos de luz refletidos pela superfície polida ajudam a fixar o olho, até que o nervo óptico fique fatigado e pare de transmitir mensagens para o cérebro. Isto reduz o ritmo das ondas cerebrais para o estado alfa, mais lento, o qual permite ao cérebro produzir as suas próprias imagens ou ver com os olhos interiores, em vez de com os olhos exteriores. A cristalomancia tem sido praticada desde a época dos antigos egípcios e ainda é muito popular para prever a sorte.Como procurar água ou minerais com cristaisUma outra forma de adivinhação é a procura de água ou de minerais com um pêndulo. Rabdomancia era um termo usado para a técnica de encontrar água por meio de uma varinha rabdomântica. O rabdomante segurava a varinha enquanto caminhava sobre uma área de terra. Se houvesse água a varinha tremia violentamente. Atualmente o termo rabdomancia também é usado para indicar o uso do pêndulo. Um pêndulo pode ser feito de virtualmente qualquer coisa — uma pedra, um ramo, metal ou um cristal. O objeto é preso a um fio ou corrente fina e a pessoa pode usá-lo para obter respostas afirmativas.Cristais de trabalhoMeus “cristais de trabalho” es disposição todos os que desejem senti-los, manuseá-los e, até mesmo, tomá-los emprestado. Tenho outros cristais que estão tão ligados a mim como se fossem parte do meu corpo e, por isso, não quero que os seus campos vibratórios sejam afetados por qualquer influência externa.A razão para isto é que os “átomos em movimento”, a estrutura molecular de toda a matéria à nossa volta, pode ser afetada pelo pensa mento, emoção e acontecimentos. Os cristais são afetados de forma semelhante. Isto explica por que um paranormal pode entrar numa sala e “ler” ou sentir o que aconteceu anteriormente nesse lugar. As memórias impregnam as paredes, o teto e o chão. Esta “absorção” provoca uma mudança, um movimento. Os objetos pessoais também absorvem as qualidades e vibrações de seus proprietários.De forma semelhante, os cristais são afetados pela energia daqueles que os manuseiam. Eles precisam ser limpos e purificados para que se tornem realmente nossos.





Auto-cura simples com cristais






O cristal recarrega nossas baterias, regenera as células do corpo e ativa a circulação Ele estimula o glandular do corpo e, conforme descobri, é particularmente útil na recuperação pós operatória. O desequilíbrio celular produz estática na aura ou campo de energia. O desequilíbrio na aura faz as células ficarem doentes. A energia dos cristais pode penetrar no corpo e contribuir para dispersar essa está tica desequilíbrio.Os cristais são bons para dor nas costas e nos ossos — dores lombares, principalmente. Se tenho um problema de dor de cabeça, dor de estômago, tornozelo ou joelho torcidos, ponho o cristal em minha cama, sob o travesseiro. Pela manhã eu o encontro ao lado da parte do meu corpo que precisa de cura. Se colocar um cristal apontado para a cama, você atmosfera maravilhosamente curativa para dormir. Para isso os cristais eficazes são os de 8 a 30 centímetros.Reenergizando e rejuvenescendo o seu corpo com o poder dos cristaisComo viajo muito, freqüentemente sinto necessidade de uma rápida recarga. Uma maneira simples de conseguir isto é segurar um cristal em cada mão. O cristal de sua mão esquerda precisa apontar para o pulso, e o de sua mão direita tem de apontar em direção oposta ao pulso ou dez minutos deste exercício irão animá-lo como se você tivesse sido ligado a uma tomada elétrica. Se tiver apenas um cristal, segure-o primeiro numa mão e depois na outra. Independentemente da mão que você usar primeiro, lembre-se de que deve apontar o cristal da mão esquerda para o seu pulso e o da mão direita para a direção oposta ao pulso. (Lembre-se de que a mão esquerda recebe energia e a direita a transmite.) Outra poderosa técnica reenergizadora consiste em colocar um cristal sobre o timo. Esta é uma glândula localizada aproximadamente 11 centímetros abaixo da garganta, perto do esterno. Os antigos gregos achavam que o timo era o centro Ígneo a partir do qual tudo fluía. Algumas religiões referem-se à região do timo como “área testemunhal”, acreditando ser ela a sede da sabedoria do corpo. Se você colocar um cristal sobre essa área por quatro ou cinco minutos, você vai revitalizar o timo e, ao fazê-lo, vai recarregar os músculos e tecidos de todo o corpo. A eficácia desses dois exercícios pode ser comprovada com a técnica de teste muscular da cinesiologia.Quando começar a usar cristais, você descobrirá que, assim como o seu corpo se torna mais saudável, sua pele também melhora. Visto que os cristais regeneram as células do corpo, eles parecem ajudar a suavizar as rugas e a suavizar a pele. Muitas das mulheres que conheço, que usaram um cristal durante algum tempo, possuem um brilho interior e i bem-estar. O rosa é excelente para a pele. Máscaras feitas de cristal rosa eram usadas como tratamento de beleza na época dos egípcios. Muitas pessoas preferem o cristal rosa quartzo transparente porque ele é mais suave e agradável. Este é eficaz para tratar as cólicas menstruais e proporciona uma energia nutritiva nas ocasiões em que a mulher sente-se vulnerável — depois de um parto, durante a menopausa ou quando um relacionamento amoroso chega ao fim. Um outro método de recarga é segurar um cristal sobre o timoPara melhorar a pele, você pode usar cristais interna ou externamente. Não, não estou dizendo para você engolir! Um de beleza que ajuda a dar uma boa cor à pele consiste em segurar o cristal no sentido do comprimento com a mão direita, a cerca de cinco centímetros do corpo e com a ponta do cristal voltada para as extremidades dos dedos, massagear suavemente o campo de energia ao redor da face. (o cristal não chega a encostar na pele. Você o gira no sentido horário, em pequenos círculos. A área coberta precisa estender-se por cerca de quinze centímetros em tomo do rosto e do pescoço. Este tratamento deve ser feito por aproximadamente vinte minutos. Embora você mesmo possa tratar o seu rosto, é mais fácil e mais agradável se outra pessoa fizer isto por você. Talvez você possa fazer uma troca de favores com um amigo ou amiga.Quando tiver terminado esta massagem, a energia terá subido do pescoço para bem acima da cabeça. Você continua a segurar o cristal no sentido do comprimento.
Purificando água com cristais
Uma outra maneira de dar uma boa cor à pele é colocar um cristal na água do banho. Não use água demasiado quente porque isto poderia danificar o cristal; uma temperatura que for tolerável para você será suficiente e não o danificará. Coloque o cristal na água do banho dez minutos antes de você entrar nela e fique nessa água o maior tempo que puder. Para ajudar a remover do corpo as substâncias tóxicas, beba um copo de água tratada com cristais todas as manhãs, ao acordar. Um método que não requer nenhum esforço consiste em deixar um cristal dentro de um copo ou jarro de água, de um dia para outro. Isto carrega a água, tomando-a pura e energizada.A outra maneira é um pouco mais elaborada mas pode ser usada para remover o gosto de flúor, cafeína, tanino ou de conservantes em sucos de frutas. Primeiro, encha um recipiente com uma amostra de água (ou de outro líquido com o qual você queira trabalhar) para que possa perceber a diferença. Com a mão esquerda, pegue o cristal pelo meio, com a ponta para baixo, e segure-o de 3 a 5 centímetros acima do recipiente. Ambas as extremidades do cristal devem estar visíveis, de modo que ele precisa ter no mínimo de 10 a 15 centímetros de comprimento. Com a mão direita em forma de concha, segure a extremidade superior do cristal e gire-o no sentido anti-horário, ao mesmo tempo que continua apertando-o firmemente com a mão esquerda, como se estivesse retirando um parafuso. Aperte com mais força a mão direita e solte a esquerda. Com o cristal firmemente pressionado contra a palma da mão, faça um movimento giratório no sentido horário até sentir que é o suficiente. O movimento no sentido anti-horário revela a estrutura do liquido, ao passo que o movimento no sentido horário o revitaliza. Prove o líquido agora e, se não notar nenhuma diferença, continue tentando até sentir. Às vezes a água forma minúsculas bolhas de gás.Descobri que alguns animais são muito sensíveis a um cristal mantido sobre diferentes partes do corpo e que outros parecem não notar coisa alguma. Um cão-guia que compareceu a um seminário sobre cristais, acompanhado de seu proprietário, era extremamente sensível e, com o cristal acima dele, os pêlos de sua cabeça quase ficaram de pé. Conheço muitas pessoas que usam um cristal como um coadjuvante no tratamento veterinário e acham que ele acelera a cura.



Um comentário:

Magnus disse...

Adorei o tópico , eu tenho um livro maravilhoso , se vcgosta do assunto posso emprestar , é "O Caminha das Pedras" somente sobre pedras e cristais , sua utilização , chakras , terapias e energias , é ótimo.

Eu atendo terapias com cristais e outros , se quiser divulgar fique avontade!

Bj'ão!

Ocorreu um erro neste gadget