quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Só vou gostar de quem gosta de mim


Sim, é o título da música de Caetano Veloso, a qual pode modificar a vida de todos, inclusive a minha, porque como eu, deve ter milhares de pessoas que sempre estão vivendo como outros querem, esquecendo deles mesmo.

A pessoa de bem, correta e que vive dentro da ética e da moral esquece sempre dela, procurando satisfazer outros, ao passo que isto está parcialmente errado; esquecendo de mim, como posso ter melhores condições emocionais e financeiras para poder ajudar outros?

O mesmo acontece com os vendedores que procuram somente cumprir cotas e não criam novas situações para aumentar sua fatia dentro do mercado. Logo podem ser esquecidos porque somente foram atrás do básico, esquecendo que no aumento das suas relações estão – automaticamente – cuidando de si, preparando a grande jornada, perpetuando suas relações com o mercado e com os clientes.

A vida é tão bela quanto à gente ama, tem um amor e profissionalmente dizendo, se não amar o que faz, os resultados são pífios. Não vai ser fácil, eu bem sei por que mudanças requer coragem, determinação e principalmente planejamento. Vai doer em muitos, mas com certeza que quem gosta de mim vai continuar gostando porque vê os meus defeitos sem esquecer das minhas virtudes.

Hoje é um dia maravilhoso como deve ser sempre maravilhosa a nossa vida. Mesmo faltando condições econômicas, devemos sempre estar de cabeça em pé, jamais no sentido de vaidade, mas sim de saber o que faz, o que acontece.

E por isso que somente vou gostar de quem gosta de mim. Se o mercado não me suporta, troco de mercado; se não tenho aceitação pelos que dizem ser meus amigos, fortaleço meu relacionamento naqueles que o são. Se não tenho todas as condições de cumprir minhas metas e objetivos, volto aos bancos escolares para aprender ou reaprender, mas jamais devo desistir dos meus ideais, dos meus princípios, dos meus desejos.

Amanha novo dia, novo desafio; se acordo como uma lebre, devo correr porque por detrás de mim, outro acordou como leão. Se for o leão devo correr porque outros leões estão vindo no mesmo caminho, procurando a minha lebre. Muitos vendedores, acostumados com o volume de venda, esquecem dos outros leões (concorrência) e permitem que eles comam suas lebres.

Por isto que de hoje em diante vou modificar o meu modo de vida, desejando que todos os vendedores façam assim. Mudar é necessário, principalmente a postura frente ao próprio mercado, o qual muda tão rapidamente do que possamos perceber e se não estivermos na mesma corrente, ficamos para trás.

A vida é assim, eu falo por mim, e não quero viver sozinho; quero muitos, mas muitos clientes, grandes amigos, grandes negócios.


Oscar Schild, vendedor, gerente de vendas e escritor.
http://www.grandesvendedores.com.br/

Obs.: O grifo significa que a frase é cópia da letra da música em questão.-Por maior que seja o buraco em que você se encontra, fique feliz, porque ainda não têm terra por cima. (desconheço o autor)

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget